Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Cidade holandesa testa iluminação pública “inteligente”

Mäyjo, 04.01.14

 

A cidade de Tilburg vai servir de “cobaia” para avaliar um sistema de iluminação concebido pela Philips que associa lâmpadas de LED a sensores de movimento, que permite poupar electricidade quando não há peões na rua.

Os sistemas de iluminação “inteligentes” utilizados nas entradas dos prédios ou nas WCS dos restaurantes estão prestes a chegar às ruas através da Philips.

A prestigiada marca de aparelhos eléctricos e electrónicos concebeu um sistema de iluminação pública que associa sensores de movimento a candeeiros com luzes LED que se ligam quando há movimento de peões nas proximidades, com o seu afastamento a provocar o apagar progressivo da luz.

Várias modalidades deste sistema vão ser testadas na cidade de Tilburg, no Centro-Sul da Holanda, que poderá assim poupar até 50% na factura da luz. Para além de económico, este sistema é “amigo do ambiente” na medida em que permite reduzir os desperdícios de energia.

 

Fontewww.elmundo.es

China pode tentar resolver problema do smog com injecção de nitrogénio líquido no ar

Mäyjo, 04.01.14

China pode tentar resolver problema do smog com injecção de nitrogénio líquido no ar

 

As autoridades chinesas estão a tentar encontrar uma forma de minimizar a camada de poluição atmosférica – conhecida por smog – que se abateu sobre as principais cidades da China neste inverno.

As principais fontes de poluição são as centrais termoeléctricas, que utilizam o carvão como principal fonte de energia. Porém, encerrar estas centrais não é a solução mais viável do ponto de vista económico. A Agência para a Modificação do Clima, criada pelo Governo central para encontrar soluções para combater a poluição atmosférica está a ponderar a dispersão de nitrogénio líquido a temperaturas de menos 195,5 graus Celsius no ar, como forma de minimizar o problema.

“Quando o nitrogénio líquido é disperso no ar, absorve imediatamente o calor da atmosfera envolvente, causando a condensação instantânea do vapor de água. A condensação permite arrastar as partículas de matéria presentes na atmosfera quando cai na terra, sob a forma de chuva”, explica Emily Carino, investigadora na área da engenharia química da Universidade do Texas, cita o Quartz.

“O método é eficaz, embora haja certamente consequências não intencionais associadas à criação de chuvas ácidas. A aplicação também não será rápida, já que a reacção demora um certo tempo até ocorrer”, indica Carino.

Quando usado de forma inapropriada, o nitrogénio líquido pode ser perigoso, já que pode causar queimaduras graves se entrar em contacto com a pele e os objectos congelados através da imersão em nitrogénio líquido agarram-se facilmente à pele. O nitrogénio liquido pode ainda causar asfixia.